Nós

  • Coordenação

    Christine Mello

    (Rio de Janeiro, RJ, 1966) Crítica, curadora e pesquisadora, é autora de Extremidades do vídeo (Senac, 2008), coautora de Tékhne (MAB, 2010), organizadora e autora de Extremidades: experimentos críticos (2017) e de Extremidades: experimentos críticos 2 (2020, no prelo). É pós-doutora em Artes pela ECA-USP, doutora e mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e professora da PUC-SP e da FAAP, em São Paulo. É coordenadora do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, integrante do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da PUC-SP. É também coordenadora editorial da Coleção Extremidades (Editora Estação das Letras e Cores, São Paulo). Como crítica de arte e curadora, trabalhou na Bienal de São Paulo, Videobrasil, Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia (Madri), Itaú Cultural, Funarte, Laboratorio Arte Alameda (Cidade do México), Paço das Artes, Sesc São Paulo, entre outros. [curriculum lattes]

  • INTEGRANTES

    Alessandra Bochio

    (São Paulo, SP, 1983) É artista multimídia, pesquisadora e professora. Como artista se dedica acriação de performances e instalações audiovisuais. É doutora em artes visuais pela ECA - USP, mestre e bacharel em artes pelo Instituto de Artesda UNESP. Realizou estágio de pesquisa na Université Sorbonne Nouvelle Paris 3, em Paris, sob a supervisão do Prof.Dr. Philippe Dubois com bolsa CAPES. Organizou, com outros autores, o livro arte_corpo_tecnologia (2014). É professora adjunta do Departamento de Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É membro do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea. [curriculum lattes]

  • Andrea Lombardi Barbosa

    (São Paulo, SP, 1985) Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, na linha de pesquisa Regimes de Sentido nos Processos Comunicacionais, tendo desenvolvido pesquisa em torno das novas mídias em museus contemporâneos. Desde 2015 participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. Possui pós-graduação em Mídia, Informação e Cultura pela ECA- USP e especialização em Relações Culturais Internacionais pela Organização de Estados Ibero-Americanos e Universidade de Girona. Foi contemplada com residências profissionais no MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa (2018), Museu Jumex de arte contemporânea da Cidade do México (2015), no programa de jovens profissionais de museus do ICOM na China (2015 e 2018) e no Museu do Louvre (2019). Trabalhou de 2011 a 2019 na área institucional do Museu de Arte Moderna de São Paulo. [curriculum lattes]

  • André Luís Ribeiro Borges

    (São Paulo, SP, 1979) Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP; Especialista em Gestão Estratégica do Design pela Faculdade Belas Artes SP, Graduado em Design Gráfico e Produto pela Universidade de Joinville SC. É pesquisador e Professor Universitário desenvolvendo pesquisas nas áreas da comunicação e do design contemporâneo; com foco em comunicação, linguagens e interfaces, meios interativos emergentes, hibridização de linguagens e a aplicação da semiótica no projeto de design. Participa e articula conexões com o Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]

  • Ana Elisa Carramaschi Villela Soares

    (São Paulo, SP, 1984) É artista multimídia e pesquisadora. Mestre em Poéticas Visuais pela ECA-USP. Desenvolve trabalhos em diversas linguagens, explorando relações entre espaço, corpo e as novas tecnologias, atualmente desenvolvendo práticas vinculadas a laboratórios de fabricação digital. Atua desde 2008 no mercado de cinema e comunicação nas áreas de pré e pós-produção e também se dedica à produtora AMNA, da qual é sócia-fundadora. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e do Grupo Realidades, coordenado por Silvia Laurentiz e Marcus Bastos (ECA-USP). [curriculum lattes]

  • Carlos Eduardo Nogueira

    (São Paulo, SP, 1974) Doutorando em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, mestre em Artes Plásticas pela ECA-USP e bacharel em Artes Plásticas pela mesma instituição. Atua como realizador de animações e filmes em mixed media. Seus trabalhos mais conhecidos são os curtas Yansan, Desirella e Zigurate. No momento, finaliza seu 12º curta, BR_RIP. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. É professor do curso de Design da ESPM São Paulo. [curriculum lattes]

  • Cyntia Gomes Calhado

    (São Paulo, SP, 1987) É crítica, curadora, pesquisadora e professora de Audiovisual. Doutora (2018, bolsista CNPq) em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde desenvolveu o estudo Intensidades da imagem: experiência estética no cinema, análises críticas a partir de Walter Salles. Mestre (2013, bolsista CAPES) em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e bacharel em Jornalismo pela mesma instituição (2008). É uma das autoras do livro Extremidades: Experimentos Críticos, organizado por Christine Mello. Integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. Integrante da plataforma de experimentos críticos lab eXtremidades. Possui dez anos de experiência profissional em Jornalismo, com atuação como crítica de cinema e repórter em diversos veículos, entre eles, publicações da Editora Abril, as revistas Reserva Cultural e Revista E, do Sesc, e o site Guia da Semana. É coidealizadora do site de cinema brasileiro Caleidoscópio. Entre as mais recentes publicações na imprensa está "Estética do Software no Documentário Político" na Carta Capital. [curriculum lattes]

  • Dudu Tsuda

    (São Paulo, SP, 1979) Dudu Tsuda é artista multimídia, artista sonoro, músico, compositor, performer, produtor musical, professor convidado da PUC/SP e professor da Universidade Anhembi Morumbi. Doutorando em Artes Visuais pela UNESP (Bolsista CAPES) e mestre pelo programa Tecnologias da Inteligência e Design Digital PUC-SP (Bolsita CAPES 2014). Bacharel em Comunicação em Multimeios PUC-SP (Bolsita CAPES 2005). Realizou programas de residência artística, exposições, intervenções urbanas, performances e concertos em diferentes países como França, Japão, Colômbia, Bolívia, Espanha e Alemanha (www.dudutsuda.com/artworks). Integra a cia de dança contemporânea ‘Núcleo Artérias’ (www.nucleoarterias.com) desde 2001. Foi contemplado por diferentes prêmios no Brasil, na Europa e no Japão pela realização de seus trabalhos e por colaborações com dança contemporânea e cinema. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e do grupo GIIP - Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências entre ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA, coordenado por Rosangella Leote. [curriculum lattes]

  • Fernanda de Souza Oliveira

    (São Paulo, SP, 1991) Artista multimídia e pesquisadora, especialista em Fotografia pela FAAP, graduada em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e fotógrafa profissional desde 2010, área onde atualmente atua como professora. Sua pesquisa e obra transitam pelas diversas linguagens multimídia, como cinema, vídeo, fotografia, redes sociais, tecnologia e arte. Sempre em busca de compreender os efeitos dessas linguagens e suas contaminações nas experiências cotidianas e artísticas, participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. Também é integrante do Lab eXtremidades, que tem como objetivo fomentar processos de ativação de estudos, oficinas e encontros abertos ao público relacionados às novas estéticas, às práticas sociais e aos modelos de produção artísticos e multimídia. [curriculum lattes]  

  • Felipe Ferreira Neves

    (São Paulo, SP, 1981) É professor mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, possui especialização lato sensu em cinema e vídeo e bacharelado em Comunicação Social com habilitação em rádio e TV. Atua como realizador audiovisual e documentarista.Entre seus últimos trabalhos,realizou com o coletivo Quarta Pessoa do Singular o documentário em vídeo Trilogia incompleta e um conjunto de Super 8 em tomada única e Found Footage. Edita o blog Estudos Audiovisuais e participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais,cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello, e do grupo de pesquisa em mídia Um Dia Sete Dias, coordenado pelo Prof. José Luiz Aidar Prado. [curriculum lattes]

  • Felipe Merker Castellani

    (São Paulo, SP, 1984) É compositor, artista multimídia, pesquisador e professor. Suas pesquisas práticas e teóricas atuais têm como campo problemático a criação musical e sonora em relação a outras práticas artísticas, como o vídeo e a dança, especificamente em contextos de criação coletiva e colaborativa. É mestre e doutor em música na área de Processos Criativos junto ao IA-Unicamp e membro do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. Atualmente é professor Adjunto do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), aonde lidera o grupo de pesquisa: Corpo-imagem-Som: pesquisa artística e práticas experimentais. [curriculum lattes]

  • Geovana Cleni Pagel

    (Três de Maio, RS, 1975) É jornalista, atriz, editora da IstoÉ Dinheiro Online e mestranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Unisinos, trabalhou em redações como Jornal NH, TV Unisinos, TVE/RS e Agência de Notícias Brasil-Árabe (Anba). Ao longo de mais de 20 anos de carreira, participou de coberturas nacionais e internacionais e recebeu sete prêmios de jornalismo. Como atriz, atuou em diversos espetáculos teatrais e é cofundadora da Cia do Pássaro Voo e Teatro. Pesquisa as ações em rede do feminismo e participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]  

  • Henrique Nogueira Neme

    (Ribeirão Preto, SP, 1992) Mestrado em realização na Comunicação e Semiótica da PUC-SP, sob orientação de Christine Mello, a partir do tema pesquisado em sua iniciação científica “Os conceitos de exploração e fruição da mise-en-scène no Cinema” que contou com orientação de Edilamar Galvão da Silva. Graduado em Comunicação Social com habilitação em Cinema pela FAAP. É montador de vídeo, assistente de direção e roteirista. Dirigiu, escreveu, montou e preparou o elenco dos curtas-metragens: “Entre os Dois” (2015), “Como numa Quarta-feira de Cinzas” (2016) e “Hermético” (2017). Nos quais trabalha as sensações e emoções provocadas conforme a construção de universos pela mediação distorcida dos personagens. Como também, a busca pelo direcionamento do espectador a um estado “puro” de fruição. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]  

  • Hermes Renato Hildebrand

    (Lages, SC, 1954) Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (2001), professor da UNICAMP e PUC-SP e vice-coordenador da Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD) da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de matemática, semiótica, educação, artes e jogos eletrônicos, com ênfase nas tecnologias digitais. Em educação, desenvolve projetos com base em metodologias ativas. Em artes, ciência e tecnologia, desenvolve produções e reflexões em estética, semiótica, linguagens visuais e no uso das mídias digitais e locativas. Participa do grupo artístico SCIArts (www.sciarts.org.br), que obteve o Prêmio Sergio Motta de melhor instalação interativa em 2007. Tem produzido textos acadêmicos acionais e internacionais e faz parte da direção da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP). Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]

  • João Marcelo Lima Simões

    (Rio de Janeiro, RJ, 1979) É curador, produtor cultural, artista e pesquisador. Desenvolve, com Cláudio Bueno, a plataforma Explode! desde 2015. Participou de curadorias, falas públicas e performances em diversas instituições culturais no Brasil e exterior. Desenvolve o projeto de pesquisa em mídia e performance "Vera Verão", em colaboração com a artista Aretha Sadick. Atualmente integra o programa de residência “How free are the arts?”, do Instituto Goethe, entre Brasil e Nigéria e o programa "Coincidências" da Fundação Pro Helvetia. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e do lab eXtremidades. Atualmente colabora com a plataforma de arte contemporânea 01.01. [curriculum lattes]

  • Juliana Garzillo

    (São Paulo, SP, 1988) Doutoranda pela ECA-USP em Meio e Processos Audiovisuais, mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (bolsista CNPq) e graduada em comunicação social com ênfase em publicidade e marketing pela ESPM-SP. Atualmente participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e do grupo de estudos Poéticas Audiovisuais coordenado por Patricia Moran. Participa do coletivo de artes visuais Quarta Pessoa do Singular. [curriculum lattes]

  • Katrin Riato

    (São Paulo, SP, 1994) Mestranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Rádio, TV e Internet pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP). É atriz formada em Atuação para Cinema pelo Studio Fátima Toledo, em que realizou as peças Viúva, Porém Honesta e Ocupação Valentin. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello [curriculum lattes]

  • Larissa Macêdo

    (Ponta Nova, MG, 1984) Crítica, curadora, pesquisadora, professora, publicitária, doutoranda e mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Onde desenvolve uma pesquisa de doutorado relacionada às práticas artísticas de mulheres negras nas redes sociais, e onde desenvolveu a pesquisa de mestrado “Poéticas do efêmero: novas temporalidades em rede a partir do Instagram Stories”. Graduada em Comunicação Social (ESPM-SP), com Pós-Graduação em Gestão de Negócios (ESPM-SP) e Gestão Estratégica em EAD (SENAC-SP). Tem mais de quinze anos de atuação no mercado publicitário com experiência multidisciplinar nas áreas de marketing, planejamento de projetos, desenvolvimento de pessoas, educação corporativa e responsabilidade social, em empresas nacionais e multinacionais como: Globo, Adobe, TIM, Danone e F.Biz. Atualmente é professora dos cursos de Comunicação Social do Centro Universitário Belas Artes (SP), ministra cursos e oficinas com temáticas voltadas para as redes sociais digitais e participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. Também é integrante do lab eXtremidades, que tem como objetivo fomentar processos de ativação de estudos, oficinas e encontros abertos ao público relacionados às novas estéticas, às práticas sociais e aos modelos de produção artísticos e multimídia. [curriculum lattes]

  • Lígia Moreira Moreli

    (Sorocaba, SP, 1978) Gerente adjunta da unidade Pinheiros do SESC SP, instituição em que atua há 12 anos. Foi programadora e supervisora do Núcleo de Música, respectivamente na Unidade Provisória Sesc Avenida Paulista e Sesc Pompeia, e atuou na Gerência de Ação Cultural do Sesc como assistente para a linguagem de música. De 2014 a 2017, coordenou a equipe de programação do Sesc Pinheiros.  Formada em Comunicação Social – Jornalismo pela PUC-Campinas, atuou por 10 anos na imprensa escrita e audiovisual, além de assessoria de imprensa.  É mestranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, na linha de pesquisa “Regimes de Sentido nos processos comunicacionais”, tendo como orientadora a professora Christine Mello. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]  

  • Lucas Carlini Lespier

    (São Paulo, SP, 1987) Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (CNPq), possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (2014). É docente do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade AnhembI Morumbi. Tem experiência na área de audiovisual como editor e documentarista com obras em festivais como Raindance e American Documentary Film Festival. Faz parte do coletivo Quarta Pessoa do Singular, onde trabalha em parceria com diversos artistas com as extremidades do audiovisual, intervenção urbana e artemídia. Possui obras junto ao Sesc, Prefeitura de São Paulo, CCBB e galeria digital do SESI-SP e outras instituições. Trabalha com realidade virtual, ministrando diversos cursos e atuando como curador no projeto Paulista 360 do Sesc Avenida Paulista. Participa do Grupo de Estudos Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. (lucaslespier.com) [curriculum lattes]  

  • Lucas de Castro Pereira

    (Goiânia, GO, 1993) Graduado em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, Pós-Graduado no curso “Fotografia: Práticas Poéticas e Culturais” da Fundação Armando Alvares Penteado e Mestrando em Comunicação e Semiótica na PUC-SP. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. Desenvolve trabalhos em suportes múltiplos, como fotografia, redes audiovisuais, textos e performance. Sendo a performatividade um ponto chave de sua pesquisa, que busca discutir como esse aspecto da linguagem atua criando enunciados que envolvem desde a construção social do par sexo/gênero, até a utilização do documento fotográfico como um mediador de proposições poéticas. [curriculum lattes]  

  • Lucas Rocha Silva

    (Brasília, DF, 1991) Mestrando em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e Bacharel em Comunicação Social com habilitação em rádio e TV. Atua como assessor de comunicação da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o Estado de São Paulo. Entre as atividades estão a escrita de roteiro e direção de vídeos documentais, institucionais e de ficção. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]  

  • Maria Angélica Trombini

    (São Paulo, SP, 1964) Mestranda em Comunicação e Semiótica na Puc - SP, com bolsa da Fundação São Paulo. Possui graduação em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Foi assistente na Galeria Il Sole – Perugia – Itália. Frequentou os ateliês de Edgardo Abbozzo e Manlio Bacosi na Itália. Atualmente é professora da secretaria estadual da educação do estado de São Paulo. Possui duas especializações uma Arte e Cultura, Unesp e outra EAD em Educação pela Unesp. Fez várias exposições na Itália e no Brasil. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em pintura. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]

  • Maria Eunice Azambuja de Araujo

    (Santo Ângelo, RS, 1964) É artista visual multimídia e atua em curadoria de artes. É mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (CAPES), pós-graduada em Sistemas de Informação e Telemática pela UFRGS, graduada em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UFRGS e em Administração de Empresas pela PUCRS. Participa do Grupo de Pesquisa ‘Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea’ coordenado por Christine Mello. Participa de Salões e exposições de arte contemporânea no Brasil e exterior; possui obras no acervo do MARGS e MAC-RS. Gerencia projetos Culturais e ministra cursos na área de arte contemporânea. Foi vice-presidente da Associação riograndense de artes plásticas Chico Lisboa (2010-2015) e membro titular do Conselho de Cultura do Estado do RS, no segmento de Artes Visuais (2013-2015). [curriculum lattes]

  • Nathalia Silveira Rech

    (Porto Alegre, RS, 1991) Jornalista, graduada em Comunicação Social pela PUCRS em 2014 e mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP em 2018 na linha de pesquisa Regimes de Sentido nos Processos Comunicacionais, tendo desenvolvido a pesquisa O biopoema Gênesis (1999) de Eduardo Kac: poética do desvio como potência de vitalidade. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello, e do GEAP – Grupo de Estudos e Ações em Poesia, em Porto Alegre. [curriculum lattes]

  • Nicolau Centola

    (São Paulo, SP, 1967) Artista e professor, é doutor em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP e mestre em Educação, Arte e História da Cultura no Mackenzie, com pesquisas em Arte Sonora. Integra o coletivo de arte [+zero], desenvolvendo obras nas áreas de arte computacional, arte digital, sound art, performances e instalações. Participou de exposições em diversas cidades do Brasil e em Colônia, Londres, Linz e Arad (Romênia). Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello, e do Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências entre Arte, Ciência e Tecnologia, coordenado pela Profa. Rosangella Leote. [curriculum lattes]  

  • Paula Rodrigues Netto Squaiella

    (São Paulo, SP, 1997) Critica, Curadora, Arte educadora, Pesquisadora Iconográfica e estudante de Comunicação e Multimeios pela PUC-SP, realiza pesquisa de Iniciação Científica  “Experiências estéticas da Videoarte brasileira nos anos 2000”. Tendo experiências em instituições como o Sesc São Paulo e na Somos Educação. Integrante  do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello). [curriculum lattes]  

  • Talita Lima Chechin Camacho Arrebola

    (Londrina, PR, 1986) Mestre em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP (2018). Graduada em Comunicação Social - Jornalismo, pela Universidade Estadual de Londrina - UEL (2016) e em Educação Física pela Universidade Norte do Paraná (2007), Especialista em Metodologia do Ensino Superior (2008), pela Unopar, Especialista em Acupuntura (2012) pelo IBRATE - Londrina. Integrante do grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]  

  • Thaís Silva Fonseca

    (Belém, PA, 1990) É artista visual e mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, possui bacharelado em Moda. Atua principalmente como ilustradora e quadrinhista. É membro do Coletivo Purumã onde lançou recentemente a antologia “Simplesmente Eneida” pela Fundação Cultural do Pará e promove eventos e cursos no Ateliê Rosa dos Ventos. Desenvolve pesquisas acerca de histórias em quadrinhos e suas relações com representatividade, narrativa transmídia e cultura participativa. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]  

  • Vitor Henrique de Souza Cruz

    (São Paulo, SP, 1994) Bacharelado em Serviço Social pela PUC-SP, tendo como tema de pesquisa de bacharelado - Vulnerabilidade e Invisibilidade Social das Travestis e Transexuais na inserção no mercado de trabalho, Atualmente cursando Mestrado em Comunicação e Semiótica – PUC-SP, Linha de Pesquisa 1 - Regimes de Sentido, desenvolvendo como tema de pesquisa "Como as redes sociais influenciam na construção identitária e para a visibilidade LGBTQ + , segundo perfil no Instagram de Pabllo Vittar, participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello. [curriculum lattes]