Grupo de Pesquisa/ Integrantes/ Estudos em Arte, Poéticas e Práticas Midiáticas

  • INTEGRANTES

    Alessandra Bochio (desde 2016)

    (São Paulo, SP, 1983) É artista multimídia, pesquisadora e professora. Como artista se dedica a criação de performances e instalações audiovisuais. É doutora em artes visuais pela ECA - USP, mestre e bacharel em artes pelo Instituto de Artes da UNESP. Realizou estágio de pesquisa na Université Sorbonne Nouvelle Paris 3, em Paris, sob a supervisão do Prof.Dr. Philippe Dubois com bolsa CAPES. Organizou, com outros autores, o livro arte_corpo_tecnologia (2014). É professora adjunta do Departamento de Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É membro do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. [curriculum lattes]

  • Ana Elisa Carramaschi Villela Soares (2018 - 2020)

    (São Paulo, SP, 1984) É artista multimídia e pesquisadora. Mestre em Poéticas Visuais pela ECA-USP. Desenvolve trabalhos em diversas linguagens, explorando relações entre espaço, corpo e as novas tecnologias, atualmente desenvolvendo práticas vinculadas a laboratórios de fabricação digital. Atua desde 2008 no mercado de cinema e comunicação nas áreas de pré e pós-produção e também se dedica à produtora AMNA, da qual é sócia-fundadora. Participou por dois anos do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo e participa do Grupo Realidades, coordenado por Silvia Laurentiz e Marcus Bastos (ECA-USP). [curriculum lattes]

  • Carlos Eduardo Nogueira (desde 2018)

    (São Paulo, SP, 1974) Doutorando em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, mestre em Artes Plásticas pela ECA-USP e bacharel em Artes Plásticas pela mesma instituição. Atua como realizador de animações e filmes em mixed media. Seus trabalhos mais conhecidos são os curtas Yansan, Desirella e Zigurate. No momento, finaliza seu 12º curta, BR_RIP. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. É professor do curso de Design da ESPM São Paulo. [curriculum lattes]

  • Dudu Tsuda (desde 2018)

    (São Paulo, SP, 1979) Dudu Tsuda é artista multimídia, artista sonoro, músico, compositor, performer, produtor musical, professor convidado da PUC/SP e professor da Universidade Anhembi Morumbi. Doutorando em Artes Visuais pela UNESP (Bolsista CAPES) e mestre pelo programa Tecnologias da Inteligência e Design Digital PUC-SP (Bolsita CAPES 2014). Bacharel em Comunicação em Multimeios PUC-SP (Bolsita CAPES 2005). Realizou programas de residência artística, exposições, intervenções urbanas, performances e concertos em diferentes países como França, Japão, Colômbia, Bolívia, Espanha e Alemanha (www.dudutsuda.com/artworks). Integra a cia de dança contemporânea ‘Núcleo Artérias’ (www.nucleoarterias.com) desde 2001. Foi contemplado por diferentes prêmios no Brasil, na Europa e no Japão pela realização de seus trabalhos e por colaborações com dança contemporânea e cinema. Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo e do grupo GIIP - Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências entre ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA, coordenado por Rosangella Leote. [curriculum lattes]

  • Fernanda de Souza Oliveira (desde 2018)

    (São Paulo, SP, 1991) Artista e pesquisadora multimídia. Mestranda em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), bolsista FAEPEX 2029/19 vinculada ao projeto de pesquisa "Estéticas pós-antropocêntricas: rumo a sistemas biohibridos" sob orientação do Prof. Dr. César Baio. É especialista em Fotografia (FAAP), bacharel em Artes Visuais: Pintura, Gravura e Escultura (Universidade Belas Artes) e fotografa profissional (Escola Panamericana de Artes). Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. E é integrante do lab eXtremidades, que tem como objetivo fomentar processos de ativação de estudos, oficinas e encontros abertos ao público relacionados às novas estéticas, às práticas sociais e aos modelos de produção artísticos e multimídia. [curriculum lattes]  

  • Felipe Merker Castellani (desde 2016)

    (São Paulo, SP, 1984) É compositor, artista multimídia, pesquisador e professor. Suas pesquisas práticas e teóricas atuais têm como campo problemático a criação musical e sonora em relação a outras práticas artísticas, como o vídeo e a dança, especificamente em contextos de criação coletiva e colaborativa. É mestre e doutor em música na área de Processos Criativos junto ao IA-Unicamp e integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. Atualmente é professor Adjunto do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), aonde lidera o grupo de pesquisa: Corpo-imagem-Som: pesquisa artística e práticas experimentais. [curriculum lattes]

  • Hermes Renato Hildebrand (desde 2018)

    (Lages, SC, 1954) Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (2001), professor da UNICAMP e PUC-SP e vice-coordenador da Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD) da PUC-SP. Tem experiência nas áreas de matemática, semiótica, educação, artes e jogos eletrônicos, com ênfase nas tecnologias digitais. Em educação, desenvolve projetos com base em metodologias ativas. Em artes, ciência e tecnologia, desenvolve produções e reflexões em estética, semiótica, linguagens visuais e no uso das mídias digitais e locativas. Participa do grupo artístico SCIArts (www.sciarts.org.br), que obteve o Prêmio Sergio Motta de melhor instalação interativa em 2007. Tem produzido textos acadêmicos acionais e internacionais e faz parte da direção da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas (ANPAP). Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. [curriculum lattes]

  • João Marcelo Lima Simões (desde 2016)

    (Rio de Janeiro, RJ, 1979) É curador, produtor cultural, artista e pesquisador. Desenvolve, com Cláudio Bueno, a plataforma Explode! desde 2015. Participou de curadorias, falas públicas e performances em diversas instituições culturais no Brasil e exterior. Desenvolve o projeto de pesquisa em mídia e performance "Vera Verão", em colaboração com a artista Aretha Sadick. Atualmente integra o programa de residência “How free are the arts?”, do Instituto Goethe, entre Brasil e Nigéria e o programa "Coincidências" da Fundação Pro Helvetia. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo e do lab eXtremidades. Colaborou com a plataforma de arte contemporânea 01.01. [curriculum lattes]

  • Lucas Carlini Lespier (2016 - 2020)

    (São Paulo, SP, 1987) Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (CNPq), possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (2014). É docente do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade AnhembI Morumbi. Tem experiência na área de audiovisual como editor e documentarista com obras em festivais como Raindance e American Documentary Film Festival. Faz parte do coletivo Quarta Pessoa do Singular, onde trabalha em parceria com diversos artistas com as extremidades do audiovisual, intervenção urbana e artemídia. Possui obras junto ao Sesc, Prefeitura de São Paulo, CCBB e galeria digital do SESI-SP e outras instituições. Trabalha com realidade virtual, ministrando diversos cursos e atuando como curador no projeto Paulista 360 do Sesc Avenida Paulista. Participou por quatro anos do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. (lucaslespier.com) [curriculum lattes]  

  • Lucas de Castro Pereira (desde 2019)

    (Goiânia, GO, 1993) Graduado em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, Pós-Graduado no curso “Fotografia: Práticas Poéticas e Culturais” da Fundação Armando Alvares Penteado e Mestrando em Comunicação e Semiótica na PUC-SP. É integrante do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. Desenvolve trabalhos em suportes múltiplos, como fotografia, redes audiovisuais, textos e performance. Sendo a performatividade um ponto chave de sua pesquisa, que busca discutir como esse aspecto da linguagem atua criando enunciados que envolvem desde a construção social do par sexo/gênero, até a utilização do documento fotográfico como um mediador de proposições poéticas. [curriculum lattes]  

  • Malka Borenstein (desde 2021)

    (Mogi das Cruzes, SP, 1967) É artista, dedica-se a pintura, performance e instalações. Possui bacharelado em Administração e Pós-Graduação em Práticas Contemporâneas. Atualmente mestranda na PUC, no curso de Comunicação e Semiótica, na área de concentração: Signo e Significação nos Processos Comunicacionais, sob orientação da Professora Christine Mello. Com a pesquisa interdisciplinar entre Comunicação e Arte, busca reflexões que partem dos regimes de sentido e presença, e do compartilhamento a partir de vivências processuais e culturais. É membro do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo e é integrante do lab eXtremidades, do qual busca fomentar processos de ativação de estudos, oficinas e encontros abertos ao público. [curriculum lattes]

  • Maria Angélica Trombini (2019 - 2020)

    (São Paulo, SP, 1964) Mestranda em Comunicação e Semiótica na Puc - SP, com bolsa da Fundação São Paulo. Possui graduação em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Foi assistente na Galeria Il Sole – Perugia – Itália. Frequentou os ateliês de Edgardo Abbozzo e Manlio Bacosi na Itália. Atualmente é professora da secretaria estadual da educação do estado de São Paulo. Possui duas especializações uma Arte e Cultura, Unesp e outra EAD em Educação pela Unesp. Fez várias exposições na Itália e no Brasil. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em pintura. Integrou por dois anos o Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. [curriculum lattes]

  • Maria Eunice Azambuja de Araujo (2017 - 2020)

    (Santo Ângelo, RS, 1964) É artista visual multimídia e atua em curadoria de artes. É mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (CAPES), pós-graduada em Sistemas de Informação e Telemática pela UFRGS, graduada em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UFRGS e em Administração de Empresas pela PUCRS. Participou por três anos do Grupo de Pesquisa ‘Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea’ coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo. Participa de Salões e exposições de arte contemporânea no Brasil e exterior; possui obras no acervo do MARGS e MAC-RS. Gerencia projetos Culturais e ministra cursos na área de arte contemporânea. Foi vice-presidente da Associação riograndense de artes plásticas Chico Lisboa (2010-2015) e membro titular do Conselho de Cultura do Estado do RS, no segmento de Artes Visuais (2013-2015). [curriculum lattes]

  • Nicolau Centola (desde 2018)

    (São Paulo, SP, 1967) Artista e professor, é doutor em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP e mestre em Educação, Arte e História da Cultura no Mackenzie, com pesquisas em Arte Sonora. Integra o coletivo de arte [+zero], desenvolvendo obras nas áreas de arte computacional, arte digital, sound art, performances e instalações. Participou de exposições em diversas cidades do Brasil e em Colônia, Londres, Linz e Arad (Romênia). Participa do Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo, e do Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências entre Arte, Ciência e Tecnologia, coordenado pela Profa. Rosangella Leote. [curriculum lattes]  

  • Victor Guerra (desde 2019)

    (Olinda, PE, 1986) É jornalista sem rumo que encontrou vida na terra em mecatrônica, audiovisual e internet. Desde pequeno desmonta e monta eletrodomésticos de casa para ver o que tem dentro. Pirado em cinema e vídeo, trabalha para incorporar instalações, traquitanas e cheiros nessas linguagens. Formado em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Federal de Alagoas. Desde 2019 integra o Grupo de Pesquisa Extremidades: redes audiovisuais, cinema, performance e arte contemporânea, coordenado por Christine Mello e Larissa Macêdo, da PUC-SP e é integrante do lab eXtremidades. Além de trabalhar como diretor e editor em obras audiovisuais, também cria e executa projetos de eletrônica e fabricação digital em exposições e performances. Divide essas frentes de trabalho com o cargo de artista-educador no Espaço de Tecnologias e Artes no Sesc 24 de maio.